Dark Side of the Moon

Dark Side of the Moon - Radio Victor

Dark Side of the Moon – Radio Victor

“And you run and you run to catch up with the sun, but it’s sinking
And racing around to come up behind you again
The sun is the same in a relative way, but you’re older
Shorter of breath and one day closer to death
Every year is getting shorter, never seem to find the time…”

Começo esse post com um fragmento muito significativo retirado da música “Time” da banda Pink Floyd. E o álbum é o Dark Side of the Moon, que por toda a diversidade de sonoridades, experimentações e inovações, eu considero um dos melhores álbuns de rock já feitos até hoje!

Algumas partes da letra dessa música me fazem refletir sobre a forma em que a maioria das pessoas está vivendo nos dias de hoje. Sempre atrasadas e correndo contra o tempo, sempre buscando suas respostas do lado de fora ao invés de fazer silencio para escutá-las dentro de si mesmas. Então, mesmo que por alguns minutos, te convido a  silenciar pra ouvir!

Escutei muitas vezes esse disco no meu quarto com a luz apagada deixando que a música conduzisse a minha imaginação através de suas melodias e texturas. A música que eu mais gosto de ouvir é “The Great Gig in the Sky” que tem uns vocais que me trazem sensações de arrepio e êxtase, e depois alternam para melodias mais suaves e calmas.

As faixas do disco seguem uma seqüência que me fazem sentir como se eu estivesse em uma viagem. A fase de preparação para a saída, o momento em que já estou na estrada e vou sentindo e vendo tudo o que aparece ao meu redor, e depois o fechamento da viagem com o retorno para casa onde todas as experiências vividas ainda estão na minha cabeça.

Dark Side of the Moon - Radio Victor

Dark Side of the Moon – Radio Victor

A seqüência de “Brain Damage” ligada com “Eclipse” concluem o disco, ao meu ver, de uma forma sublime, e por isso coloco aqui umas das última frases do album “…And everything under the sun is in tune but the sun is eclipsed by the moon…” se você prestar atenção consegue escutar as batidas de um coração bem ao fundo.

O disco Dark Side of the Moon me trouxe muitas reflexões, sensações e entendimentos que me ajudaram a pensar algumas coisas de maneira diferente. E um bom exemplo desse tipo de mudança é o que a própria capa do álbum mostra, um único feixe de luz branca entra de um lado do prisma e do outro lado sai uma composição de cores lindas e vibrantes.

Phill Prates

Anúncios

9 respostas em “Dark Side of the Moon

  1. Pô, Phil! Esse álbum é realmente lindo e comovente, creio que para mim também é um dos melhores álbuns já feitos (e um dos trabalhos mais bonitos de “nós” raça humana). As letras desse álbum me levam a pensamentos profundos e bizarros sobre à vida, a morte, o futuro, e no que “nós” nos tornamos e fizemos (Money; Us n Them), E fora as belas letras o álbum possui uma ambientação incrível que só o Floyd é capaz de fazer, tão bela que chega a me dar medo.

    Curtir

  2. Pingback: Dark Side of the Moon - Victor e o Gramofone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s